Entenda o conceito, funcionamento e benefícios das Insurtechs

Responsabilidade editorial: Nossos editores são especialistas nas áreas e isentos nas avaliações e informações. Nosso objetivo é democratizar e simplificar o acesso a informações sobre seguros.

Transparência: Todas as informações fornecidas neste site são baseadas em pesquisas em fontes confiáveis, como os sites oficiais de nossos parceiros.

De acordo com a Lei LGPD: Nosso site utiliza cookies para estatísticas gerais do site. Nenhum dado pessoal é coletado sem seu consentimento. Conheça nossa política de privacidade.

Você está ciente do impacto da tecnologia em nossas vidas, mas um aspecto particular continua despertando curiosidade e dúvidas no ramo de seguros: as Insurtechs. Nos últimos anos, esse termo tem ganhado destaque global e está conquistando cada vez mais espaço no mercado brasileiro, com metas ambiciosas. Descubra como a tecnologia está se integrando ao campo de seguros para oferecer soluções transformadoras!

Entenda o conceito de Insurtechs

Vamos começar com o básico. O termo Insurtech é uma combinação das palavras “Insurance” e “Technology”, que se traduzem como Seguros e Tecnologia, respectivamente.

Em essência, as Insurtechs são empresas de seguros que optaram por aprimorar seus serviços utilizando tecnologias. Isso pode incluir soluções para proteger veículos, residências, oferecer assistência em viagens ou seguros de vida.

Por meio de um modelo de negócio altamente inovador, essas empresas digitalizam seus serviços e os complementam com novas funcionalidades para atender melhor às necessidades do mercado.

A introdução da tecnologia em um setor tradicionalmente conservador, marcado por burocracia e falta de agilidade, provocou uma verdadeira transformação.

As Insurtechs demonstram essa inovação em todos os aspectos de seu funcionamento e operações, com um impacto direto perceptível na vida cotidiana do consumidor.

Leia também: Seguro viagem: 10 dicas para solicitar e viajar com segurança!

O funcionamento de uma Insurtech: entendendo o processo

Após um crescimento significativo nos investimentos de aproximadamente 77% entre 2019 e 2020, as Insurtechs continuaram a revolucionar o mercado de forma disruptiva.

Essas empresas, em sua maioria startups, têm se dedicado a simplificar o processo de contratação de seguros por meio da tecnologia. Ao abraçar completamente a transformação digital, não só aumentam as vendas, mas também trazem uma série de benefícios para os clientes.

Através da automação de processos e da criação de ferramentas, incluindo aplicativos de smartphones, o foco é proporcionar uma experiência altamente personalizada para os usuários.

Essa personalização é viabilizada por meio de inovações já conhecidas, como Inteligência Artificial (IA), Big Data e Internet das Coisas (IoT), além de estratégias digitais voltadas para CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente) e Mídias Sociais.

Em resumo, as Insurtechs têm a capacidade de coletar e analisar grandes volumes de dados para oferecer serviços mais eficazes e personalizados. Além disso, a IA pode orientar os atributos do negócio, tornando a assistência mais rápida, prática e precisa, e oferecendo vantagens exclusivas aos clientes.

A adoção dessas tendências de mercado não apenas otimiza o tempo de trabalho, mas também resulta em maior eficiência e menos burocracia.

A situação das Insurtechs no mercado brasileiro

Como as Insurtechs estão se desenvolvendo no cenário brasileiro?

A cena das Insurtechs no Brasil está em constante crescimento! Um indicativo disso é o aumento de 47% no número de empresas desde 2018, conforme dados fornecidos pela KPMG.

Desde então, é evidente o crescente interesse e destaque das Insurtechs no mercado brasileiro.

Qual é o número de Insurtechs atuantes no Brasil?

A integração entre seguros e tecnologia se estabeleceu como o modelo de negócio predominante em toda a América Latina, e vamos explorar os motivos por trás desse fenômeno a seguir.

– Mais de 350 Insurtechs estão presentes nos países latino-americanos.
– Aproximadamente 32% desse total são representadas por startups brasileiras.
– No Brasil, 51% das Insurtechs estão focadas na prestação de serviços diretos ao consumidor.

Como as Insurtechs estão influenciando o mercado de seguros?

As Insurtechs se baseiam em pilares como praticidade e agilidade, trazendo flexibilidade e autonomia para os clientes ao contratar e personalizar serviços de seguros. Esse aspecto é considerado um dos principais impactos no mercado de seguros.

Em vez de lidar com papelada e longas filas de espera, as Insurtechs oferecem aplicativos completos, permitindo que os consumidores executem ações como contratação, leitura de apólices e mudanças de cobertura com apenas alguns cliques.

Além disso, o atendimento digital, reforçado por uma equipe qualificada e até mesmo pela inteligência artificial, resulta em uma resolução mais rápida de problemas, atendendo às necessidades do cliente de forma ágil e assertiva.

Outro impacto significativo é o uso da inteligência de dados para armazenar, analisar e comparar informações relevantes sobre os usuários. Isso facilita a concepção de ideias estratégicas que contribuem para a melhoria contínua dos serviços e o crescimento do negócio.

Benefícios oferecidos por uma Insurtech.

As Insurtechs proporcionam uma ampla gama de benefícios ao digitalizar e automatizar processos, buscando tornar o acesso aos seguros mais simples. Essas empresas são reconhecidas por oferecer diversas vantagens, o que as permite operar de forma competitiva no mercado.

Aqui estão as principais:

  • Personalização: Agora é possível obter seguros personalizados de acordo com suas necessidades individuais, muitas vezes sem custo adicional, reconhecendo os diferentes perfis e objetivos.
  • Zero burocracia: Contratação, acionamento e modificação do seguro podem ser feitos diretamente pelo celular, com facilidades no envio de documentos e flexibilidade em taxas e franquias.
  • Custo-benefício: Insurtechs como a Justos visam tornar o seguro auto mais acessível, utilizando a digitalização para reduzir os custos para o cliente.
  • Rapidez e praticidade: Os aplicativos das Insurtechs oferecem chats, autoatendimento e interfaces intuitivas, proporcionando facilidade de uso e uma experiência satisfatória para o cliente.
  • Confiança e segurança: Insurtechs operam dentro das leis estabelecidas pelo Conselho Nacional de Seguros Privados, garantindo confiança e segurança aos clientes.

Conclusão

Em suma, as Insurtechs representam uma revolução no mercado de seguros, proporcionando uma série de vantagens aos clientes. Com a personalização dos serviços, eliminação da burocracia, melhor custo-benefício, rapidez no atendimento e segurança jurídica, essas empresas estão moldando o futuro do setor. Ao adotar a tecnologia de forma inteligente e inovadora, as Insurtechs estão não apenas simplificando o processo de contratação de seguros, mas também oferecendo uma experiência mais satisfatória e eficiente aos consumidores. Com um crescimento constante e uma abordagem centrada no cliente, o papel das Insurtechs só tende a se fortalecer, trazendo mais agilidade, transparência e acessibilidade ao mercado de seguros.

Sobre o Editor

Marcos Eduardo

Marcos Eduardo

Sou um empreendedor no mercado mercado digital há 5 anos. Tive a oportunidade de trabalhar em projetos desafiadores como expansão de negócios em mercados internacionais. Além disso, estou sempre buscando aprender e me atualizar com as tendências e novas tecnologias do mercado.

Você também pode gostar